Blog

A MAIOR EXIGÊNCIA DOS CONSUMIDORES É A QUALIDADE DO PRODUTO

Quando pensamos na qualidade de um produto, é comum considerar que essa característica é, de certa forma, uma exigência geral dos consumidores, afinal, eles querem que o produto ou serviço adquirido tenha a qualidade e o desempenho esperados. Claro que essa exigência varia de acordo com o público, há quem prefira opções mais simples para suas necessidades e quem opte por padrões mais altos.

Em linhas gerais, a qualidade de um produto diz respeito às características que o compõem e, assim, o tornam capaz de satisfazer as necessidades que o cliente apresenta. Por isso, as empresas precisam desenvolver produtos atrativos, utilizando matéria-prima de qualidade, especificações únicas e a menor taxa possível de defeito. Se isso for seguido, possivelmente, os clientes irão considerar que o produto é de qualidade.

Há diversos aspectos que indicam a qualidade de um produto ou serviço, mas muitos deles vêm, na verdade, da percepção que o público tem do produto. É por isso que é tão importante realizar pesquisas sobre as formas como os consumidores estão recebendo e percebendo o produto, pois isso indicará os pontos que precisam ser melhorados.

Como garantir a qualidade de um produto

Existem algumas etapas que devem ser observadas pela empresa que busca garantir a qualidade da produção que será oferecida ao público. Primeiro, todo o processo de fabricação dos produtos deve ser acompanhado do início ao fim por um gestor da qualidade, que irá verificar a ocorrência de possíveis erros durante o processo e irá observar os resultados. Esses resultados devem ser certificados sempre que uma etapa for finalizada, para evitar que erros sejam levados adiante na produção.

 

Em seguida, devem ser calculadas também quantas falhas ocorrem durante o processo e o que as levou a acontecerem. Será que as falhas vêm aparecendo por problemas nos equipamentos? Pode ser também que a origem esteja na falta de treinamento dos colaboradores envolvidos. Uma observação atenta junto de dados coletados ao longo da produção permitirá responder essas perguntas.

É importante também ter documentado como as etapas do processo devem ocorrer de acordo com o projeto e como elas ocorrem na prática. Assim, os gestores conseguem encontrar possíveis gaps e até mesmo quebra da qualidade dentro dos processos, para solucioná-los e, desta forma, reduzir as falhas. 

A última etapa deve envolver um teste do produto. Este é um momento muito importante, principalmente se a equipe envolvida ainda não tiver certeza da qualidade total do produto em questão. Com isso, os gestores podem ouvir e registrar o feedback dos colaboradores para entender quais são as dificuldades que ocorrem no processo, para solucioná-las.

Conclusão

Prezando pelo alicerce do produto, obtemos alta segurança e confiança além de reduzir a necessidade frequente do suporte, aumentando ainda mais a nossa produtividade e fornecer mais opções e funcionalidades para nossos clientes.

 

Para conferir outras informações sobre como a tecnologia na gestão de empresa de segurança eletrônica possa obter excelentes resultados, acesse o site da N1 Sistemas. Por meio desse endereço eletrônico, empresas e profissionais encontram informações atualizadas sobre softwares de última geração para gestão das empresas.

Vantagens do software para empresas de segurança eletrônica

Compartilhar: