Blog

A IMPORTÂNCIA DA QUALIDADE EM ERP PARA EMISSÃO DE NF-e E NFS-e

A nota fiscal é um documento com validade jurídica que serve para registrar uma venda de produto ou prestação de serviço. Sua emissão é obrigatória em qualquer transação, porque é a partir dela que o Fisco recolhe os devidos tributos sobre as operações das empresas. Para o empreendedor, a nota fiscal facilita o controle de entrada e saída, dos impostos pagos e do faturamento, além de servir como prova da regularidade do negócio em caso de auditorias e fiscalizações. Para o consumidor, ela serve como comprovante de compra para requisição de garantia, troca ou devolução, e também como documento fiscal para prestação de contas à Receita Federal.

Por isso, a nota fiscal é a base das relações comerciais de confiança e garante a credibilidade das empresas no mercado. 

A nota fiscal eletrônica (NF-e) foi desenvolvida para modernizar a emissão de notas.

Conheça cada nota em detalhes:

Nota fiscal eletrônica (NF-e)

A nota fiscal eletrônica (NF-e) é a versão de nota digital mais comum, voltada às empresas do comércio. Ela foi criada para substituir as notas fiscais de modelos 1 e 1A, utilizadas nas operações de venda relacionadas à cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). A validação da NF-e é assegurada pela assinatura digital (emissora do documento) e pela autorização da Secretaria da Fazenda (SEFAZ) do estado em que a empresa foi registrada.

Nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e)

A nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e), como o nome sugere, é a nota digital que registra a prestação de serviços. 

Ela foi criada para substituir a Declaração de Serviço (nota de blocos), um documento exigido pelo município e que está relacionado à cobrança do Imposto Sobre Serviço (ISS).

A nota fiscal de serviços eletrônica também tem algumas particularidades, como impostos fixados por cidade e registrados por códigos da prefeitura.

Além disso, vale lembrar que cada NFS-e refere-se a um tipo específico de serviço.

Quem utiliza a NFS-e reduz os custos com armazenamento de documentos e otimiza o tempo, pois todo o sistema é informatizado.

A NFS-e e NF-e proporcionam diversos benefícios para os negócios. Muitos deles estão relacionados às praticidades proporcionadas pelo documento, a simplificação e a automatização de procedimentos.

Os principais aspectos positivos da NFS-e e NF-e são:

  • Simplificação dos processos tributários e burocráticos;
  • Apresenta validade jurídica e fiscal;
  • Reduz gastos com o armazenamento de documentos, compra de papéis e gráfica;
  • Possibilita a automatização da emissão e recebimento;
  • Assegura mais segurança na realização das transações;
  • Diminui as probabilidades de erro por evitar tarefas repetitivas;
  • Dispensa a necessidade de uma pessoa ou mesmo um setor atuar exclusivamente com a emissão de nota fiscal, o que ajuda também a reduzir os custos no seu negócio;
  • Otimiza o controle da sua organização, pois é possível verificar os relatórios das notas emitidas, de acordo com o volume de vendas da empresa.

Com base na complexidade nas regras tributária do país é muito importante que o seu ERP, possa parametrizar de forma fácil as operações fiscais, de uma forma flexível, além de não ter que precisar ser um "expert" contábil e deixar que o seu ERP gere as notas com base nos parâmetros e regras seja ela em tributos de esferas municipais, estaduais e federais

Uma das situações muito importante é com relação a NFS-e onde o N1 com base em parâmetros consegue identificar seu cliente, serviço, se é dentro ou fora do município, se deve reter os serviços ou não de forma prática e fácil.

 

Para conferir outras informações sobre como a tecnologia na gestão de empresa de segurança eletrônica possa obter excelentes resultados, acesse o site da N1 Sistemas. Por meio desse endereço eletrônico, empresas e profissionais encontram informações atualizadas sobre softwares de última geração para gestão das empresas.

Vantagens do software para empresas de segurança eletrônica

Compartilhar: